Pobre Rapunzel

Aqui no Centro de Porto Alegre é muito comum encontrar panfleteiros anunciando os mais diferentes serviços, e o que mais me atormenta é o “Corto cabelo! Vendo cabelo!” pronunciado do jeito mais alto e na voz mais esganiçada possível. É só meu cabelo estar num tamanho intermediário, entre médio e longo, que todos eles perguntam por onde passo se não quero vender minhas madeixas. Mas hoje um se superou, percebendo que mais uma vez eu ignoraria a oferta, ao me aproximar o ouvi comentando com um colega: “Imagina se eu pego esse cabelo, tô rico!” Eu ri, e me segurei para não olhar para trás e responder: “Meu caro, em 25 anos esses fios não me renderam um centavo, então não fica achando que eles te ajudariam.”

Uma resposta para “Pobre Rapunzel

  1. Ahhhhhhhh!!!!

    Mas a cor dos seus cabelos é linda!!!!!

    São poucos ruivos naturais tão intensos por ai!!!!

    Por isso eles valem muito!!!! Mas pra mim, vale muito mais se eles continuarem em vc!!!!

    Bjussssss

Compartilhe sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s